In Sem categoria, Viagens

Olá pessoas lindas tudo bem com vocês?

 

Hoje resolvi contar para vocês um pouco da nossa experiência MARA dentro no Parque Nacional do Grand Canyon. Estivemos por lá em Janeiro de 2017 durante uma viagem de carro pelo meio oeste/sudeste americano e foi algo que realmente marcou minha vida, real oficial!!!

Nós entramos pelo South Rim (entrada Sul) do Grand Canyon, que é uma parte muito bem estruturada, com linhas de ônibus que circulam em rotas determinadas levando os turistas para os pontos de observação, um guest service (centro de visitantes) para atendimento aos turistas, lojas, lanchonetes, banheiros, enfim todas as comodidades que precisamos para explorar o local com conforto e segurança.

Vista de um dos pontos de observação !

Há uma taxa de US$ 30,00 (trinta dólares) por carro para entrar no parque e esta taxa dá direito a entrar e sair durante sete dias inteiros, o que achei muito legal, pois dá liberdade e tempo aos turistas de conhecer o local.

Como mencionei acima, dentro do parque existem algumas linhas de ônibus que levam os turistas até os pontos de observação. Nós chegamos a utilizar o ônibus, mas como estávamos de carro (e era baixa temporada) achamos mais fácil usar ele mesmo, uma vez que as estradas dentro do parque são bem sinalizadas e todos os locais de observação possuem estacionamento para carros.

Mais um ponto de observação.

Em Janeiro o clima da região é bem frio, chegamos a pegar um pouco de neve em alguns pontos o que deixou a paisagem ainda mais exuberante, mas se você não gosta de uma geladeira (ou freezer) o melhor é buscar outra época do ano para visitar. A grande vantagem do inverno é que o parque está bem mais vazio, então você consegue explorar com calma e mais tranquilidade. Porém, algumas trilhas acabam sendo fechadas no inverno.

Falando em trilhas, se você gosta de andar no mato, lá é o local. Existem várias delas pelo parque, inclusive algumas que atravessam toda a grande depressão chegando até o outro lado do Grand Canyon. Certamente as paisagens devem ser maravilhosas, mas não conseguimos fazer estes passeios pela falta de tempo e pelo frio. Mais uma desculpa para voltarmos em outra época… que chato… hahaha.

Apesar do inverno e para a minha extrema felicidade, conseguimos avistar algumas espécies de animais selvagens andando livremente pelo parque, e esta foi uma das coisas que mais amei, pois eu amo animais e vê-los livres em seu habitat é algo que não tem preço. Meu instinto FELICIA teve que ser reprimido e não consegui agarrar nenhum deles, mas que tive vontade tive…

Bonitinhos passeando.

No dia que fomos visitar o parque, como já sabíamos que as trilhas estariam fechadas resolvemos chegar bem cedo para aproveitar ao máximo todos os pontos de observação e foi o que fizemos. As paisagens são de tirar o fôlego, é uma sensação realmente inexplicável estar ali olhando para toda aquela beleza, então separe pelo menos um dia inteiro para poder conhecer o local, e dependendo da época do ano, se quiser explorar as trilhas fique até mais tempo, pode acreditar que vai valer a pena cada minuto.

Nós fizemos tudo com bastante calma, visitamos os museus que existem lá dentro e conhecemos um pouco mais da historia do local. Já perto da hora do almoço nos dirigimos à área próxima ao El Tovar Hotel. Este hotel foi fundado em 1905 e ainda está em funcionamento nos dias de hoje. Fica em Grand Canyon Village, que é uma pequena vila dentro do complexo do Grand Canyon (já deu para imaginar a beleza do lugar, né?).

Um dos museus dentro do parque nacional.

O hotel fica bem na beira do Grand Canyon e é bem requisitado por turistas, deve valer a pena a estadia. Resolvemos almoçar no restaurante do local e ficamos sentados em uma mesa ao lado da janela com a paisagem ao lado. Foi realmente uma experiência incrível e imperdível. Recomendo chegar cedo ao restaurante para conseguir (ou pelo menos tentar conseguir) uma mesa privilegiada.

Vista do restaurante do Hotel El Tovar .

Passamos o resto do dia dentro do Parque Nacional, parando nos pontos de observação e visitando algumas lojas de artesanato dentro de Grand Canyon Village. O Parque Nacional é algo maravilhoso, é onde você vai realmente viver o Grand Canyon, é onde você pode sentir a grandiosidade e a intensidade do local, vai poder observar a natureza e os animais selvagens convivendo em harmonia com a bela estrutura armada para segurança de todos, é realmente algo que se deve ver ao menos uma vez na vida.

Após passar dois dias completamente encantadores dentro do Parque Nacional do Grand Canyon, resolvemos pegar estrada novamente e conhecer a SkyWalk, que é uma espécie de ponte toda transparente suspensa sobre o Grand Canyon. Este é o lado do Grand Canyon que as pessoas que vão para Las Vegas acabam visitando.

A SkyWalk foi construída pelos índios Hualapai na ponta oeste do Grand Canyon. Diferente do Parque Nacional este pedaço do Grand Canyon pertence aos índios (Hualapai) e é explorado por eles. Para vocês terem uma idéia, pagamos cerca de US$ 70,00 (setenta dólares) por pessoa para entrar no local e ter direito a andar na ponte suspensa. Dentro deste pedaço do Grand Canyon não se pode andar de carro. O transporte faz parte dos serviços oferecidos no local, e apenas o ônibus poderá levar os turistas até os três pontos de parada existentes. Em um destes pontos está localizada a SkyWalk. Para entrar na ponte, você deve deixar todos os pertences em um armário, inclusive câmeras e celulares. Claro que existem fotógrafos do local oferecendo o serviço para os turistas, que deverão ao final optar por comprar as fotos tiradas por uma média de US$20,00 (vinte dólares) cada.

SkyWalk – foto do site oficial

Confesso que fiquei decepcionada com este pedaço do Grand Canyon. Além de cobrarem muito caro pelos ingressos, não há quase liberdade para explorar o local. O Parque Nacional do Grand Canyon é muito mais legal em todos os aspectos, principalmente no visual. Então se você realmente quer conhecer o Grand Canyon tire alguns dias a mais na sua viagem e vá ao Parque Nacional, tenho certeza que não irá se arrepender!!

Espero que tenham gostado das dicas pessoas,

até o próximo post !!

 

Showing 2 comments
  • Glendha
    Responder

    Adorei!!
    Mto bom mesmo!!!

  • Anelise
    Responder

    Super dica amiga, amei!

Leave a Comment